O novo cargo foi criado em 07 de Setembro de 2019 01:20:02 am

Você sabia que o Brasil é o terceiro maior produtor mundial de cerveja artesanal no mundo, perdendo apenas para os Estados Unidos e a China? Existem mais de 800 cervejarias artesanais espalhados por todo o país, atingindo um mercado que está passando por um período de expansão. No post de hoje, vamos olhar para o uso do GÁS da cerveja, e para mostrar que é o combustível mais eficiente, seguro e eficiente para garantir a qualidade da produção e para melhorar os negócios.

O mercado de cerveja

Durante os últimos dez anos, o país registrou cerca de 70 fábricas de cerveja, e os consumidores foram populares marcas de cerveja no mercado. Hoje, a realidade é diferente. As cervejas artesanais produzidas por pequenas, médias e grandes empresas a alcançar mais e mais consumidores estão descobrindo e experimentando novos sabores e sabores da bebida, que é a bebida de eleição.

Tanto é assim que, de acordo com a previsão da Associação Brasileira de Cerveja Artesanal (Abracerva), a indústria de cerveja artesanal é esperado um crescimento de 25% por ano no número de unidades, e a tendência é que a arte é internalizado, ou seja, para ir para áreas onde é mais difícil encontrar uma cerveja artesanal.

O uso do glp na fabricação de cerveja

Seja em pequena ou em grande escala, na fabricação de cervejas artesanais, possui um poderoso aliado: o glp. O alto poder calorífico do GLP (gás liquefeito de petróleo) e a possibilidade de controlar a temperatura para fazer a energia para o processo de maceração ou amassá para converter o amido do grão em açúcar até o cozimento do malte.

Nesta fase, é de extrema importância para o mestre cervejeiro, e requer a atenção para a temperatura da água, que é garantido pelo uso de glp. Portanto, o uso do glp na fabricação de cervejas e encontrar-se com rigor para atender as exigências de todos os tipos de produtores, de casa para a cidade grande.

Em termos das grandes fabricantes de cerveja, deve ser destacado que o glp tem um papel fundamental no processo mais amplo de produção, e também pode ser usado para o aquecimento de água, geração de vapor, e está em processo de o equipamento utilizado para a garrafa de cerveja. Você quer mais? O GÁS pode também ser usado em caminhões, refeitórios e laboratórios.

GLP (gás liquefeito de petróleo no caminho

A parte mais legal de tudo é que Copagaz tem o gás no caminho para o produtor do artesanato, seja ele de pequeno, médio ou grande. Para os homebrewers, e aqueles que produzem suas bebidas em casa, no cilindro e retornáveis 13-libra é a melhor. Se você aventurar-se a produção em maior escala, você pode contar com bobina-para-transporte-abastecido no local por cerca de 190 libras, bem como tanques estacionários para 500 kg para 60 toneladas em estoque.

Na verdade, de acordo com Vicente Longatti-Neto, diretor Comercial da Copagaz, especialistas no campo da Copagaz tem o know-how técnico é apropriado para avaliar a necessidade e o consumo de gás, dependendo do tamanho do projeto e o nível de produção. Desta forma, eles são capazes de tamanho e instale-o no Centro do GÁS sobre o direito, e com toda a segurança necessária”, diz ele.

A segurança no processo de produção

Não importa que tipo de abastecimento de água, a cervejaria, deve-se prestar atenção para os itens que vão garantir a segurança e a estabilidade da produção de cervejas artesanais, especialmente as feitas em casa. e para o bem do todo é a capacidade térmica do GÁS. Um importante fator de segurança é a utilização correta dos reguladores de pressão.

O papel do regulador é precisamente coincidir com o fluxo e pressão, a fim de garantir o bom funcionamento dos equipamentos da linha de fogo. Para selecionar o regulador mais adequada para o processo de produção, é necessário conhecer as especificações técnicas do equipamento, a taxa de fluxo de GÁS é necessária, a pressão de operação, e todos os acessórios que estão instalados.

É importante notar que, além de garantir a segurança do processo, o regulador também garante que uma chama constante e uniforme, bem como o desempenho do equipamento a ser utilizado.

Longatti lembre-se de que o Centro do GÁS, que é composto de um número de itens, e o controlo da pressão de sobrealimentação é apenas um deles. “Bem, a profissionais qualificados a Copagaz vai sempre dar conselhos e dimensionamento para o melhor ajuste para o processo de produção de cada cliente”, diz o gerente.

O GÁS chega até você

Os benefícios do uso do GÁS, a cerveja não vai acabar não. Como você pode ver acima, a tendência de que o mercado está em expansão, principalmente nas regiões interioranas. Assim, se o seu desejo é de risco ou investir nesse incrível mundo da cerveja artesanal, não importa onde você está, e o GÁS vem até você.

Para ser facilmente armazenado e transportado, e não depende de uma rede de dutos para distribuição subterrânea, o GÁS tem uma alta capilaridade, fazendo sua presença ser sentida em todo o país. Uma vantagem do energético, acessível, democrático, e, melhor de tudo, ele é perfeito para a sua cerveja!

imagem07-09-2019-01-09-07 imagem07-09-2019-01-09-07[/resolvido]

Este é concentrar-se mais sobre as vantagens do GÁS da cerveja? Venha e converse com os especialistas da Copagaz! Faça uma consulta através do site ou ligue no 0800 7072672.

Fonte: copagaz.com.br/uso-do-glp-em-cervejarias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *