Sindigás ” a Segurança dos consumidores, que depende do uso adequado de

Fonte: www.clmais.com.br

O essencial em toda a casa, botijão de gás liquefeito de petróleo (GLP), pode ser que sim, que não respeitam as regras de segurança, que vai se tornar um importante fator de incidentes em casa. Medidas tais como o armazenamento, a manipulação, manutenção e correta, podem reduzir o número de casos.

Para isso, o tratamento deve ser iniciado com a compra da bola ou no cilindro. Recipientes com marca ou sem marca visível, com impressão em relevo no corpo do recipiente, deve ser rejeitado.

A compra deve ser realizada apenas em revendedores autorizados, com as mensagens e devidamente identificados. Além disso, o fato de receber o produto, o cliente deve certificar-se de que a marca estampada em relevo na superfície do recipiente, é a mesma que a do carimbo e da etiqueta da etiqueta da segurança.

A dona da casa de Noêmia Pereira, Lemos que segue à risca todas as recomendações. A bola está em um lugar não muito longe da cozinha e da ventilação, e você sabe dos riscos que, em caso de má utilização. “Uma das coisas em que penso é que com a bola, já que tenho medo de acidentes, e a rejeição quando se trata da diferença”, explica. Os Hábitos que as pessoas que vivem no Bairro Sagrado Coração de Jesus, que começou às nove de seus filhos.

“Na casa deles, onde a manutenção é constante. Que não relaxam. A mangueira ganhou, você muda. Já que substitui vários desses anos”, diz ela, e que, se bem que há que ter medo de lidar com a bola, você encontra em o olho, quando se faz a mudança, para ter a certeza de que não há vazamentos. .

Os perigos do mau uso por parte do adversário, que também se preocupam com o 5 ° Batalhão do Corpo de Bombeiros Militar das Lajes. Pensando nisso, os militares que se realizam os trabalhos para a prevenção de acidentes. E o fazem através da educação e prevenção na população, apesar de que os registros da explosão são praticamente nulas, já que as perdas são os mais recorrentes.

“Fazemos um trabalho de todo o ano, a semana nacional de desenvolvimento. Realizou-Se a tomada de consciência sobre a população que visita os lares”, disse o assessor da corporação, o soldado do Utilizador, tendo em conta que a ação é chamada de ” Alerta Vermelho e que se desenvolveu em julho

Antes das visitas se realiza uma atribuição de um estudo estatístico de “calor” das instâncias dos locais onde ocorrem os incêndios. Normalmente, os casos que ocorrem nos bairros de Santa Catarina, Cerro Grande, O de Daniel e o de Moradia. E é que é muito difícil iniciar um incêndio na cozinha.

No ano passado, em las Lajas, entre janeiro e setembro foram de 80 casos de incêndios, enquanto que, no mesmo período deste ano, foi de 76 casos, mostrando uma diminuição de 5%.

O fogo é normalmente causada por uma sobrecarga na rede elétrica, bem como os princípios de fogo nos fogões de lenha e de outros tipos. As causas dos acidentes de trânsito são as encontradas no relatório dos peritos, que é o objeto do estatístico dos corpos de bombeiros.

Produto de seguro de

O Correio Lageano consultou o Computador para verificar que os processos que envolvem a distribuição de gás natural. A empresa informa que, no processo de embalagem são utilizados as técnicas e os equipamentos necessários para que o cliente tenha um produto de seguro. A bola deve ser fabricado de acordo com a norma NBR 8460, da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), as embalagens passam por um rigoroso programa de qualidade, que incluem testes e procedimentos de treinamento.

Além disso, são dotados de um dispositivo de segurança chamado o plugue do fusível ou da válvula de segurança para que, em caso de que o aumento da pressão interna que elimina o gás para evitar acidentes.

Um dos tantos cuidados, o distribuidor de citações da instalação. Os Reguladores e os tubos devem conter o símbolo de um Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (INMETRO), e o número da norma técnica de produção, assim como as datas de validade impressa no corpo, estes equipamentos dispõem de um prazo de cinco anos.

O uso de reguladores e mangueiras de vencidas, poderá causar uma fuga. É Importante observar que, para a fixação da mangueira do regulador e a cozinha devem-se utilizar pinças. Após a instalação, deve-se verificar se há vazamentos em que com um simples teste, que consiste na colocação da espuma, nas duas extremidades da mangueira.

Melhora

Segundo o Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Gás Liquefeito de Petróleo (Sindigás), desde o início do programa, no ano de 1996, até o mês de dezembro do ano de 2017, serão requalificados 206 milhões, as embalagens e os 59 milhões de novos barcos que foram adquiridos. Atualmente, há um total de 117 milhões de vasilhames em circulação no país, a cada ano, até 11,5 milhões de frascos é requalificados.

Dicas

O local onde são armazenados no contêiner

  • Coloque o recipiente onde se encontra em locais ventilados, para facilitar a dispersão do gás em caso de fuga;
  • Não se guarda a bola em compartimentos fechados (armários, gabinetes, vãos de escada, porões, etc.).
  • Não colocar a bola perto as tomadas, os interruptores para instalações elétricas, mantenha uma distância mínima de 1,50 m.);
  • Não instale a bola próximo a ralos ou grelhas de escoamento de água, mantenha uma distância mínima de 1,50 m.). Por ser mais pesado que o ar, o gás pode se depositar nesses locais, o que no caso de uma fuga. Assim, qualquer chama ou faísca poderá provocar um acidente
  • De preferência, a bola deve estar no lado de fora da cozinha, em local fresco, coberto e protegido das intempéries, sempre e quando não esteja limitado, e podem estar em um lugar fechado com grades que permitem a circulação do ar.

A mudança de bola

  • Antes de trocar a bola, certifique-se de que todos os botões dos queimadores do fogão estão desligados;
  • Não faça a mudança de bola, com a presença de chamas, brasas, faíscas ou qualquer outra fonte de calor,
  • Não role a bola. Transporte: a preferência da posição vertical para a
  • Retire o lacre de segurança com a bola com o aumento da mesma aba do anel com a mão e gire no sentido anti-horário até o disco central sair completamente,
  • Retire o regulador de pressão do gás do botijão vazio e, em seguida, ajuste e rosqueie sobre a válvula do botijão cheio;
  • Use apenas uma das mãos. Não utilize ferramentas como martelo ou alicate;
  • Antes de trocar a bola, sempre que as condições da mangueira e do regulador de pressão de gás, verifique sempre a data de validade e condições de conservação.

As instalações sem nenhum risco

  • Após a instalação, execute um teste de vazamento, passando espuma de sabão ao redor da conexão válvula de saída de gás do regulador de pressão de gás;
  • Se houver bolhas, em seguida, repita a operação de instalação. Se o vazamento continuar, desconecte o regulador de pressão de gás e verifique se existe vazamento na válvula;
  • Se o vazamento continuar, leve a bola para um lugar ventilado, deixando a regulação da pressão de um gás desconectado e chame a assistência técnica do seu fornecedor de gás,
  • Nunca passe a mangueira por trás do fogão. Se necessário, altere a posição de entrada de gás, chame os profissionlhes certificados pelo fabricante do fogão;
  • Não instale o forno em que a corrente de ar que possam apagar a chama, e a causa de vazamento de gás.
  • Não se vire ou se tira a bola. Se ainda existir algum resíduo de gás, que pode conduzir à fase líquida, o que anula a função do regulador de pressão, e pode provocar graves acidentes, assim como a obstrução da válvula da mangueira e os queimadores.

Fonte: www.sindigas.org.br/novosite/?p=16035

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *