Sindigás ” no Brasil registra o recorde mensal de produção de petróleo, que atinge 3 milhões de barris diários

Fonte: Mundo

SÃO PAULO – A produção de petróleo da Argentina, que foi concluída em agosto de 2,989 milhões de barris por dia, alta de 18,5% na comparação anual e com um novo recorde mensal, superando em maio deste ano, informou hoje a Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), que nesta quarta-feira à noite.

Já que a produção de gás natural, que em agosto alcançou o recorde de 133,3 milhões de metros cúbicos diários, um avanço de 7,4% em relação à máxima anterior, de julho, e a mais alta de 25,3 por cento em comparação com agosto do ano de 2018, acrescentou-se à ANP.

Megaleilão do pré-sal : para Saber quais são as 14 e as empresas interessadas

Com o avanço da vinificação é realizada à luz de um novo recorde na extração de petróleo e gás registrou, em agosto, a força aérea brasileira, que, juntamente com seus parceiros, lançou sete novas plataformas, em funcionamento desde o ano de 2018, segundo informou a empresa, que no mês anterior.

As classificações baseiam-se na expansão da produção no pré-sal, que derivem de 110 poços, que ocorreu 1,928 milhão de bpd de petróleo e 79,3 milhões de metros cúbicos por dia de gás natural.

A Última oportunidade: receitas do petróleo, que vai dobrar a produção, em áreas do megaleilão, diz ANP

No campo de Lula, na Bacia de Santos, no brasil, foi o que produziu o petróleo, com uma média de 1,026 milhão de bpd, e também é o maior produtor de gás natural, em uma média de 43,4 milhões de metros cúbicos por dia).

A Petrobras disse que quase três quartos da produção de petróleo e gás do país, com mais de 2,8 milhões de barris de óleo equivalente por dia, enquanto que a Casca se produziu 469 mil e, em seguida, Petrogal, com 131 milhões.

Fonte: www.sindigas.org.br/novosite/?p=15978

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *