Sindigás ” venda de petróleo, a ANP recebeu Us$ 8,9 bilhões de euros em bônus e bate novo recorde

Fonte: G1

A Agência Nacional de Petróleo, Gás natural e Biocombustíveis (ANP) , levou a que o leilão desta quinta-feira (10), de 36 anos, os blocos de exploração de petróleo e gás natural. Foram arrecadados Us$ 8,915 milhões de dólares em bônus de assinatura de um novo recorde nos últimos rodadas de concessão. O mínimo de investimento estabelecido no bloco de Us$ 1,579 bilhão de dólares.

“Sempre achamos que seria através de um leilão de sucesso e superou as expectativas. Tivemos um recorde de bônus do leilão de concessão”, disse ao final do leilão, no cargo de diretor-geral da ANP, Vicente Oddone.

Apesar dos bons resultados, a apenas 12 dos blocos ofertados foram acabados (ver a lista de resultados abaixo). Os aspectos apresentados no regime de concessão, encontram-se nas bacias sedimentares marinhas de andaluzia-Paraíba (brasil), Jacuípe, Camamu-Almada, de Campos e de Santos.

De acordo com a ANP, o preço total do leilão, ficou no 390,06%. Todos os 36 blocos que haviam sido arrematados por um valor mínimo, a cobrança de bônus ficaram em Us$ 3,216 bilhões de dólares.

Os blocos sem que se oferta

A nenhum dos blocos nas bacias localizadas na costa do nordeste, recebeu a oferta. A concessão dos blocos, no passeio marítimo da Baía, foi questionada por ambientalistas, ante a possibilidade de que existam riscos para o parque marinho de Abrolhos. O leilão desta quinta-feira , chegou a ser alvo de protestos na primeira hora da manhã.

Outros dos 9 blocos da bacia de Santos, no brasil, não tiveram que comprar.

Dezessete empresas que se inscreveram para participar desta rodada de leilões, aos 16 da indústria, e a primeira no calendário dos grandes da oferta de petróleo e gás, o governo de Jair Bolsonaro. Destes, apenas o 2 – a Petrobras e Enauta são do brasil. As outras 15 são estrangeiras, algumas delas, não apenas as torres que ainda não se conta com um contrato de exploração e produção no Brasil.

Resultados da 16ª Rodada da ANP — Foto: Economia G1
os Resultados da 16ª jornada da ANP, Fotografia, Economia, G1
Leilão de petróleo — Foto: Roberta Jaworski/G1
venda de petróleo da Foto: Julho Jaworski/G1

Arrecadação obtida com a venda dos blocos de exploração de petróleo

odada a Data de realização da Arrecadação da mínima prevista na Arrecadação total da 14.ª Rodada de Concessão de 27/09/2017 de R$ 1,9 mil milhões de Us$ 3,8 bilhões na 2ª e a 3ª rodada de Repartição de 27/10/2017 Us$ 7,7 mil milhões de Us$ 6,15 milhões na 15.ª jornada da Concessão de 29/03/2018 Us$ 4,8 mil milhões de Us$ 8 bilhões na 4ª Rodada de Repartição de 07/06/2018 R$ 3,2 mil milhões de Us$ 3,15 milhões da 5ª Rodada em que Compartilha 28/09/2018 Us$ 6,82 milhões de Us$ 6,82 bilhões de dólares 16 da Rodada de Concessão de 09/10/2019 R$ 3,2 mil milhões de Us$ 8,9 bihões Fonte: ANP

O regime de concessão de

No modelo de concessão, em que se oferece aos blocos de 16 de ronda, as empresas ou consórcios vencedores serão definidos pelos critérios do bônus de assinatura (80%), e o programa exploratório mínimo – EM cerca de 20%), oferecidos pelos licitantes.

Os bônus são valores que o dinheiro que se oferece às empresas, a partir do mínimo estabelecido no edital, e será paga através das fotografias vencedoras, antes da assinatura dos contratos. Já que estabelece um mínimo de atividade em que a empresa se propõe a levar a cabo no bloco durante a fase de exploração, bem como a sísmica, perfuração de poços, e assim por diante.

Desde o ano de 2017, as empresas petrolíferas que pagaram um total de mais de us$ 27 milhões de dólares para completar os 34 blocos em todas as licitações realizadas em um período de tempo.

Na próxima rodada

Além da 16ª edição da Rodada, e há dois leilões previstos para este ano, o que, em princípio, serão realizadas em dias consecutivos, e no primeiro fim de semana de novembro.

O dia 6 de novembro, está prevista a realização da Rodada de excesso de Cessão Onerosa , uma das mais esperadas pelo governo e o mercado. Nela, serão apresentados nas áreas de desenvolvimento de Atapu, Caracóis, ltapu e, em Sépia, na Bacia de Santos, no brasil.

Já para o dia 7 de novembro, a ANP prevê-se a realização da 6ª Rodada de Partilha de Produção, que ofertará em blocos na forma de pré-sal”, os chamados São, Boomerang, a cruz do Sul e sudeste de Sagitário, e o Norte da Política”.

A Oferta permanente de

A ANP mantém-se também a realização da Oferta, de caráter Permanente, que consiste em uma oferta contínua dos campos que se oferece no leilão do passado que não foram terminados, ou ainda, que foram devolvidos ao escritório.

Na primeira sessão pública de Oferta, de caráter Permanente, realizada no dia 10 de setembro, foram acabados, 33 dos 273 dos blocos oferecidos, e em 12 das 14 áreas de acumulação marginais não estão disponíveis, o que representa Us$ 22,2 milhões de dólares em bônus de assinatura e com a previsão de um investimento total de us$ 320,2 milhões de dólares.

Diferente do que acontece nas ruas de Licitação e/ou contrato de Concessão, a oferta permanente no ciclo, só que o Comitê Especial de Licitações (CEL), aprova uma declaração de interesse por parte de alguma empresa, juntamente com a garantia da oferta, em um ou mais dos blocos das áreas.

Aprovada a declaração de interesse, bem como a garantia da oferta, inicia-se um ciclo de 90 dias antes de ter lugar a sessão pública das propostas. Durante este período, as empresas têm a oportunidade de se inscrever na corrida.

Além disso, neste período as empresas inscritas poderão apresentar uma declaração de interesses, e com a garantia da oferta no setor, o que tem dado origem a um ciclo, ou em qualquer outra parte da organização, que figura no Aviso. De acordo com a ANP, o processo que permite às empresas de estudar por mais tempo nas áreas selecionadas”.

 

Fonte: www.sindigas.org.br/novosite/?p=16065

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Notice: ob_end_flush(): Failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/grafica/imadegeladeira.ind.br/wp-includes/functions.php on line 5420

Notice: ob_end_flush(): Failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/grafica/imadegeladeira.ind.br/wp-includes/functions.php on line 5420